Contratar um profissional de mudanças ou fazê-lo você mesmo?

Faça parte, faça tudo ou não faça nada do trabalho na sua mudança. Seguem alguns tipos de mudanças e custos, e algumas dicas para contratar um profissional de mudanças ou fazê-lo você mesmo.

A primeira parece simples: Fazê-lo você mesmo ou pagar o serviço completo a uma transportadora profissional de mudanças para fazer a investida, empacotar todos os seus pertences e enviá-los para a sua nova casa?

Pode ficar surpreendido, porém, ao saber que existe um largo leque de escolhas que você pode misturar e combinar.

Antes de considerar as opções, uma palavra acerca de preparação: Nunca é cedo demais para começar. Isto é verdade especialmente se você vai fazer parte ou toda a mudança sozinho.

Existem três tipos de mudança:

  • Serviço completo com profissional de mudanças

O ideal, do ponto de vista de muita gente, é dar o máximo do trabalho possível a um profissional de mudanças.

A transportadora empacota toda a sua mobília, aparelhos e pertences, carrega-os no camião ou carrinha, transporta tudo para a sua nova localização e descarrega tudo do camião e coloca as coisas onde você as quer. (As transportadoras geralmente não desempacotam caixas.) Os serviços completos de profissional de mudanças até podem transportar o seu veículo.

  • Mudança híbrida com profissional de mudanças

Existem várias maneiras de combinar o seu trabalho com os serviços de um profissional de mudanças, poupando quer tempo como dinheiro. Mesmo um serviço completo de transportadoras nacionais permite-lhe fazer algum ou todo o empacotamento sozinho. Ou, você pode trabalhar em conjunto com o profissional de mudanças fazendo todo o trabalho excepto a condução.  Ou, contratar uma transportadora para empacotar e carregar um camião alugado e vai você a conduzir. Está a ver a ideia: faça-o como quiser.

  • Mudança Faça você mesmo

Se decidir fazer a mudança inteiramente por sua conta, aqui ficam algumas dicas:

Preparação: Faça um inventário das suas coisas assoalhada-a-assoalhada. Liste as coisas grandes – mobília, aparelhos, brinquedos grandes, equipamento de recreio e ferramentas – por assoalhada. Liste também o número de caixas que acha que vai encher por assoalhada. Use essa lista quando pedir à empresa de aluguer de camiões ajuda na estimativa do tamanho do veículo que precisa.

Licença: Pode vir a precisar de uma licença especial para conduzir um camião grande. Por favor, verifique se tem todos os documentos de antemão.

Tamanho do Camião: As empresas de aluguer de camiões irão ajudá-lo a decidir qual o tamanho que precisa para o veículo.

Empacotar: As caixas de tamanho uniformizado, feitas para mudanças, são a chave para carregar o seu camião rápida, eficazmente e em segurança. Evite caixas de lojas de mercearia. Mas isto não significa que tem de as comprar. Comece desde cedo a recolher caixas gratuitas de mudanças, das pessoas que acabaram de se mudar e que se querem ver livres delas.

Carregar:

  • Posicione uma pessoa dentro do camião para coordenar o carregamento e ajudar a levar os itens mais pesados.
  • Carregue as coisas maiores, mais pesadas – aparelhos e mobília – primeiro, no chão, perto da cabine. Por cima disso vão caixas pesadas – livros, aparelhos de cozinha encaixotados. Ainda mais acima, coloque itens mais leves tais como mobília leve e brinquedos de plástico. A camada superior é para taças e coisas frágeis.
  • Empacote o camião firmemente, encaixando as caixas na perfeição, para que tudo fique no lugar. Amarre secções da carga nos apoios ao longo das paredes interiores do camião.
  • Reserve colchão e colchão de molas para último de forma a apertá-los fortemente contra a carga, pressionando tudo confortavelmente juntinho para a viagem, diz o Lewis.

Descarregar: Planeie antecipadamente, alinhe família ou amigos, se possível, para o ajudarem no destino.

Uma dica final: Entre todo o planeamento e entusiamo, agende um dia de folga para si, para descansar depois da grande mudança.

facebooktwittergoogle_pluslinkedinrssyoutube